encerrado1Informa-se a população e utentes dos serviços desta autarquia que a Junta de Freguesia se encontra encerrada no próximo dia 2 de abril, segunda-feira de Páscoa.

ReencarnacaoO Centro Cultural de Alfena acolheu, no dia 16 de fevereiro, uma palestra sobre Reencarnação. A sala encheu para ouvir a alfenense, Manuela Tavares falar sobre um tema que provoc

a alguma polémica mas muita curiosidade. Resgate kármico, karma e dharma foram as expressões que mais de ouviram, ao longo da noite. Mas afinal o que querem dizer?

 De acordo com a terapeuta holística, Manuela Tavares, "acreditar na REENCARNAÇÃO e aceitar a vida como um ciclo foi para mim a maior epifania e a abertura para um mundo de conhecimento e de aceitação da minha própria existência. A partir daí, “tudo começou a fazer sentido”.

Carnaval 2018

A Junta de Freguesia de Alfena assinalou mais um Carnaval.

Devido às más condições meteorológicas dos últimos anos, a autarquia decidiu não realizar o cortejo alegórico e concentrou os festejos no Espaço Multiusos.

E foram algumas dezenas os que deixaram o frio de lado e foram assistir à atuação dos capuchinhos vermelho e do lobo mau da escola de dança MTV4Dance.

À noite, decorreu o tradicional enterro do João. Este ano, as deixas estiveram a cargo da Rancho Folclórico as Andorinhas do Centro Social e Paroquial de Alfena.

A Junta de Freguesia de Alfena realiza, no dia 13 de Fevereiro, a tradicional festa de Carnaval.
Atendendo às condições meteorológicas dos últimos anos, o executivo entendeu concentrar os festejos de Carnaval no espaço Multiusos.

A partir das 15h00, há baile de Carnaval.
Às 21h00, decorre o tradicional enterro do João.

Estão todos convidados! Juntem-se à Festa! E tragam máscara!

Obras CabedaA Junta de Freguesia de Alfena quer saber quando terminam as obras na ponte de Cabeda. Por isso, e porque é permanentemente pressionada pela população sobre essa matéria, no dia 5 de janeiro, mais uma vez, enviou um ofício ao presidente da Câmara Municipal de Valongo, solicitando uma resposta concreta.

Ilumincacao PublicaA Junta de Freguesia de Alfena enviou, no dia 8 de janeiro, um ofício ao presidente da Câmara Municipal de Valongo, a propósito da religação da iluminação pública.

De acordo com a missiva, a autarquia é "permanentemente" questionada quanto a esta questão e não sabe o que responder aos fregueses. "Dizem-nos as pessoas que em tempo de campanha lhes foi prometido a ligação de toda a iluminação pública".

A Junta de Freguesia de Alfena enviou um ofício à Câmara Municipal de Valongo, no dia 15 de novembro de 2017, a solicitar uma reunião para acertar as condições e os termos dos acordos de execução para o mandato atual. Um mês depois, sem receber resposta, reemcaminhou o mesmo ofício. "Necessitamos saber o que se vai passar, para decidirmos como agir", refere o documento enviado no dia 19 de dezembro de 2017.

Pode ler o documento aqui

Rua CostaA Junta de Freguesia de Alfena enviou um ofício à Câmara Municipal de Valongo, no dia 10 de outubro de 2017, onde expunha a opinião dos moradores da Rua Central da Costa com o objetivo de ser melhorada a possibilidade de estacionamento.

Sem qualquer feedback por parte do município e questionado pelos moradores, o executivo de Alfena reencaminhou o ofício, pedindo uma resposta. "Os moradores continuam a questionar-nos mas até ao momento ainda não nos foi dada qualquer resposta, apesar de já terem passado mais de dois meses e meio", assina o presidente Arnaldo Pinto Soares.

Pode ler o documento na íntegra aqui.

Parque Vale Leca 01A Junta de Freguesia de Alfena enviou, no passado dia 6 de novembro, um pedido de ajuda à Câmara Municipal de Valongo, para a iluminação do Parque Vale do Leça. Apesar de ainda estar no início a construção do parque, "pensamos que este espaço de fruição pública é uma mais valia para a população e não só de Alfena", referia o documento, assinado pelo presidente Arnaldo Pinto Soares.

"Sendo certo que os equipamentos são ainda praticamente inexistentes a simples construção dos percursos permite já a utilização do espaço quer para caminhar, quer para correr". No entanto, a falta de iluminação não permite a sua utilização ao final do dia, nem à noite.

Caso a câmara não quisesse ou pudesse fazer, a autarquia solicitiva autorização para o fazer. 

Até ao momento, o executivo não obteve qualquer resposta, pelo que reiterou o pedido efetuado, ficando a aguardar resposta.

Pode ler o documento aqui.