Parque Vale Leca 01A Junta de Freguesia de Alfena enviou, no passado dia 6 de novembro, um pedido de ajuda à Câmara Municipal de Valongo, para a iluminação do Parque Vale do Leça. Apesar de ainda estar no início a construção do parque, "pensamos que este espaço de fruição pública é uma mais valia para a população e não só de Alfena", referia o documento, assinado pelo presidente Arnaldo Pinto Soares.

"Sendo certo que os equipamentos são ainda praticamente inexistentes a simples construção dos percursos permite já a utilização do espaço quer para caminhar, quer para correr". No entanto, a falta de iluminação não permite a sua utilização ao final do dia, nem à noite.

Caso a câmara não quisesse ou pudesse fazer, a autarquia solicitiva autorização para o fazer. 

Até ao momento, o executivo não obteve qualquer resposta, pelo que reiterou o pedido efetuado, ficando a aguardar resposta.

Pode ler o documento aqui.

Rua VenturaA Junta de Freguesia de Alfena enviou, no passado dia 16 de outubro, um ofício ao presidente da Câmara Municipal de Valongo, onde alertavam para as graves situações vividas na rua da Ventura.

Sem qualquer resposta, no dia 19 de dezembro, a autarquia reencaminhou o mesmo documento, solicitando respostas para transmitir à população. 

No documento, assinado pelo presidente, Arnaldo Pinto Soares, o executivo diz que continua disponível para colaborar.

Pode ler o documento na íntegra aqui.

Vale lecaA Junta de Freguesia de Alfena enviou, no passado dia 6 de novembro, um email ao presidente da Câmara Municipal de Valongo, onde pretendia saber em que pé estavam as obras previstas para Alfena, no Orçamento da Câmara de 2017, nomeadamente a recuperação do Moinho do Cabo e a construção de um Parque Infantil no Parque Vale do Leça. .

Sem resposta e porque a população questiona o executivo a propósito do anúncio eleitoral do presidente da Câmara, no dia 19 de dezembro, ou seja, a 11 dias do final do ano de 2017, a Junta de Freguesia de Alfena, reencaminhou o mesmo email à autarquia de Valongo, solicitando respostas. "Como diz alguém «palavra dada é palavra honrada» pretendemos saber pra quando o arranque das obras em epígrafe", assina o presidente, Arnaldo Pinto Soares.

Pode ler o documento na íntegra aqui.

EN105A Junta de Freguesia de Alfena enviou um ofício à Câmara Municipal de Valongo, no dia 23 de novembro, a expôr a preocupação dos alfenenses relativamente à rua 1.º de maio e solicitando uma intervenção.

Como nada foi dito, no dia 19 de dezembro, a autarquia voltou a remeter o mesmo ofício ao presidente da Câmara Municipal. 

A Junta de Freguesia continua a ser questionada, todos os dias, por quem ali vive e não sabe o que responder.

Por isso, solicita que a informem sobre quando haverá um intervenção da Câmara Municipal de Valongo na rua 1.º de maio.

Pode ler o ofício na íntegra aqui.

Junta combandeiraA Junta de Freguesia de Alfena enviou, no passado mês de agosto, um ofício à Câmara Municipal de Valongo referente à cedência de terreno para a construção de um novo edifício da Junta de Freguesia e, até ao presente, não foi transmitida qualquer resposta sobre a matéria.

Por isso, no dia 19 de dezembro, a Junta de Freguesia de Alfena, reencaminhou o mesmo ofício à autarquia de Valongo, solicitando a tomada urgente de diligências relativamente ao processo em causa.

O documento enviado por ser lido na íntegra aqui.

Senhora AmparoExmo. Sr.

Presidente da Câmara Municipal de Valongo

Como certamente bem sabe o cruzamento da Codiceira é um local da nossa cidade com uma zona comercial com bastante movimento.

A Junta de Freguesia constatou no local o descontentamento que reina entre comerciantes.

A falta de estacionamento está a afastar os clientes e alguns equacionam já o encerramento dos seus estabelecimentos.

Se a zona da Codiceira já está bastante decadente por falta de estacionamento a situação ameaça agravar-se, com a sinalização colocada na Rua Nossa Senhora do Amparo.

Dubhan Revelado Lançamento1 JFAO Centro Cultural de Alfena recebe no domingo, dia 10 de dezembro, pelas 17h00, o lançamento do livro "Dubhán Revelado", de Cátia M Rodrigues.

É um evento a não perder, que conta com o apoio Junta de Freguesia da Alfena.

Cátia M Rodrigues é uma escritora Portuense, actualmente a residir em Alfena.

O seu percurso literário começou aos 15 anos, altura em que se apaixonou pelo trabalho de Miguel Torga e escreveu os primeiros textos e aforismos que mais tarde viriam a ser publicados no seu primeiro livro, “Estrelas (de)Cadentes”, pela Corpos Editora.